As principais formas de Investimentos - Escolha e comece já!

dinheiro, educação financeira, finanças pessoais, investimentos, bolsa de valores, bovespa, ibov, planilha, controle financeiro, controle, economia, rico, riqueza, ações, carro, futebol, mercado, poupança, finanças, empresas, dinheirama, orçamento, renda fixa, renda, pai rico, pai pobre, pai, mãe, grana, spc, serasa, corretora, banco, itau, serasa, spc, patrimônio, rentabilidade, futebol, copa


A forma mais comum de investimentos é a poupança, porém será esta a melhor forma de investir seu dinheiro? Bom, tudo depende do seu perfil de investimentos, a sua preocupação com riscos e o tempo. Existem formas de investimentos que são excelentes quando bem realizados.


Mostrarei à vocês as formas de investimentos que podem ampliar seus rendimentos. Pois bem, vamos lá!


Fundo de Ações:
Nesta forma de investimento, os gestores utilizam seu dinheiro para comprar ações na Bolsa de Valores. A carteira e o montante aplicado em cada ativo é de resposabilidade do gestor e você deve analisar o risco do fundo e explorar se existem, em outras instituições, carteiras e fundos melhores.
As carteiras comumente contemplam empresas que pagam dívidas, small caps (empresas de pequeno porte) e empresas de grande porte (Petrobras, Vale etc). O risco é alto, A rentabilidade é média para alta (longo prazo) e tome cuidado com a oscilação do mercado, a taxa de administração, a taxa de performance e a gestão do fundo (ativa ou passiva).


Fundo de renda fixa:
Os gestores usam seu dinheiro para investir em títulos da dívida pública pré-fixados. São bons quando os juros apresentam-se em tendência de baixa. O risco é baixo, a rentabilidade é baixa para média e preste atenção na taxa de administração e alíquota de IR.


Fundo Multimercado (ou Misto):
É um produto bancário que faz a junção de renda variável (ações), câmbio e renda fixa. Títulos públicos, privados, ações e moeda estrangeira compõem a carteira. Recomendável para quem ainda não está totalmente pronto para acompanhar e encarar o sobe e desce do mercado de ações, mas tem a idéia de arriscar-se um pouco mais. O risco é médio para alto, a rentabilidade é média. Tome cuidados com a taxa de administração, a composição da carteira (maioria em ações, títulos etc) e a gestão do fundo.

Fundo Referenciado DI:
Nesta forma, os gestores investem em títulos pós-fixados, o que não é tão atraente em situação de juros baixos, diferente dos fundos de renda fixa. Ainda assim, encontram-se fundos deste tipo no mercado que são bons. O risco é baixo, a rentabilidade é baixa para média e tome cuidados com a taxa de administração e a alíquota de IR.

CDB:
Semelhantemente  ao governo que emite títulos para obter dinheiro, os bancos emitem certificados (os CDBs) para o mesmo propósito. Funciona de forma simples, você compra o título privado e o banco faz uso de seu dinheiro e paga a você um juros anual. O risco é baixo, a rentabilidade é baixa para média. Tome cuidadocom a rentabilidade que é ligada ao CDI. Procure rentabilidade de ao menos 85% do CDI.

Tesouro Direto:
Os Títulos públicos, assim como os bancos, são a maneira do Governo Federal obter recursos para o financiamento da dívida pública e também para investimentos em infra-estrutura, educação, saúde, e etc. Ao comprar um título, você paga ao Governo que usa seu dinheiro para financiar ou investir no crescimento do país. O risco é baixo, a rentabilidade é baixa para média. Leve em consideração o momento da compra, porque as rentabilidades variam de acordo com a Selic, tome cuidado.

Poupança:
A poupança é uma forma bastante segura de obter rendimentos e com diferenciais de serem isentas de IR e não possuírem taxas de administração. Se você detém de um perfil mais conservador e não gosta de correr muito risco, a poupança é uma boa pedida. Esta forma rende, geralmente, de 5,5% a 5,9%, 6,0%. O risco é baixo

Não existe forma de investimento mágica que lhe trará um pote de ouro todos os dias. Há riscos em tudo. A garantia de que tudo dará certo é a correta realização, acompanhamento e gestão do investimento. 

Espero ter ajudado.
Um abraço.



0 comentários:

Postar um comentário

 
Dinheiro Positivo - Descomplicando as Finanças © 2010 | Todos os direitos reservados. | Back to top